Marketing digital: quanto tempo para ter retorno?

Muitas empresas ao investir em marketing digital acreditam que os resultados chegarão de forma quase que instantânea. No entanto, na prática, para conseguir algum resultado é necessário meses de dedicação, investimentos e muito trabalho. As empresas precisam entender que o marketing digital passa a ter resultados objetivos e sólidos sempre a longo prazo.

Na maioria das vezes, o insucesso das ações de marketing digital acontecem porque as empresas não têm os resultados almejados no curto prazo e desistem de suas ações. Não estou considerando na afirmação anterior, as agências de marketing digital que não realizam um trabalho de qualidade. Por sinal, elas também contribuem para a desistência das empresas ao, talvez, prometerem soluções com resultados imediatos.

Iniciar uma atividade de marketing digital e aguardar que resultados sólidos cheguem em apenas um ou dois meses leva ao erro, seguido da frustração, que como consequência leva a desistência. Imaginar que uma ação não deu certo simplesmente pelo fato de não ter sido desenvolvida no tempo certo é um erro, por esse motivo é importante entender melhor o prazo médio que as iniciativas implementadas levam a resultados satisfatórios.

tempo de retorno do marketing digital

Imediato a curto prazo (de 0 a 6 meses)

Uma estratégia digital que permite ter um retorno imediato é o desenvolvimento de um site contendo todas as informações relevantes sobre a empresa. Nos dias atuais, uma empresa que não tem um site acaba perdendo grandes oportunidades e por isso torna-se indispensável começar a trabalhar com o desenvolvimento de uma página da empresa. Quando um cliente se depara com um site que contém informações relevantes, a chance que ele perceba a credibilidade da empresa e até mesmo passe a consumir os seus produtos ou serviços é muito maior.

Vale ressaltar que apenas com o desenvolvimento do website, a empresa atingirá apenas seus clientes e pessoas que de alguma forma obtiveram contato com a marca. Para ganhar reconhecimento no mercado onde atua e alavancar os negócios na rede, as empresas precisam investir em iniciativas de marketing digital de médio e longo prazo, só assim os resultados significativos virão.

De curto a médio prazo (de 6 a 12 meses)

Investir em links patrocinados é uma boa alternativa para empresas que almejam resultados mais rápidos. A partir de uma boa campanha criada no Google Adwords com o auxílio de um especialista (ponto importante) é possível colocar a empresa em evidência para as pessoas que possuem real interesse nos produtos e/ou serviços da mesma.

A partir de buscas realizadas por palavras-chave definidas nas campanhas de links patrocinados, os anúncios serão apresentados nos resultados de busca. A partir dos cliques nos anúncios, tráfego qualificado será gerado para o site e consequentemente conversões de vendas. É possível notar resultados logo nos primeiro meses de campanha, mas os resultados concretos só virão no médio prazo, conforme as campanhas e o website são otimizados para a conversão.

De médio a longo prazo (12 a 24 meses)

Iniciativas de médio e longo prazo são propícias a trazerem melhores resultados e se manterem lucrativas por mais tempo. Diferente dos links patrocinados, que ao ser interrompido afetam instantaneamente os resultados, as estratégias e técnicas de médio e longo prazo permanecem ativas e perduram por muito mais tempo, mesmo que elas sejam descontinuadas.

As principais atividades de médio e longo prazo são:

SEO

Ser reconhecido pela busca orgânica do Google através de técnicas de SEO não é uma tarefa das mais simples. O Google demora um tempo para reconhecer e confiar no seu conteúdo, já que as suas atualizações são realizadas em intervalos de dois ou três meses. Além do que, outras empresas investem e aplicam técnicas de SEO em seus websites. E estão brigando pelas mesmas palavras-chave, para obter melhores posições nos resultados de busca orgânicos.

MARKETING DE CONTEÚDO

A única forma de gerar bons resultados com o marketing de conteúdo é se tornando autoridade sobre assuntos que cercam o mercado da empresa. Para que isso aconteça, é necessário criar conteúdos relevantes para o público em questão. Nem sempre o conteúdo relevante é o que divulga, explica e detalha os produtos da empresa. Muitas vezes, o consumidor nem sabe que possui um determinado problema ou já o identificou e está em busca de maiores informações sobre o tema.

É nesse momento que entra uma estratégia de conteúdo onde devem ser desenvolvidos conteúdos (artigos, posts, blogs, e-book, entre outros) que entendam as dores do mercado atuante e que ajudem os consumidores a superarem seus problemas e desafios. Para uma empresa se tornar autoridade no seu mercado, além de muita disciplina e o desenvolvimento de muito conteúdo relevante, será necessário muita paciência. Como qualquer relação, conquistar do seu público a confiança, admiração entre outros adjetivos é necessário tempo.

Uma estratégia de marketing de conteúdo só funciona se ela estiver 100% alinhada com uma estratégia de SEO, já que os buscadores são o canal principal onde os consumidores procuram respostas para as suas dúvidas e problemas.

MAILING

Criar um mailing segmentado, com potenciais clientes e admiradores depende de muitos fatores (é um caminho árduo e que poucos conseguem alcançar). Para que um consumidor entregue sua conta de e-mail e permita receber mensagens em sua caixa postal, com certeza ele já foi conquistado pela sua marca através de outras iniciativas de médio e longo prazo (SEO, marketing de conteúdo, links patrocinados etc).

Uma mensagem por e-mail só surtirá efeito se for realizado por uma empresa com boa reputação. Por isso, comprar um mailing pode trazer um efeito negativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *